sexta-feira, agosto 15, 2008

Confessionário

Confesso eu tenho medo, medo de escrever... medo de saber que as palavras escritas e após serem lidas por outro já não me pertenceram mais. Então perguntam-me: então pra que escreves?! e lhes digo,a minha ânsia em escrever é maior que minha coragem em publicá-las, mas o desejo de tê-las só para mim é o fato que adormecer o sentido de não deixa-las expostas à alguém... abraço e até mais!

4 comentários:

Leonardo disse...

Muito profundo. Teus filhos não são teus, são do mundo (K Gibran)...

Luiz Modesto disse...

Eu consigo encontrar sentido em publicar o que escrevo. O fato de por em discussão o que pensei e escrevi desconstrói a propriedade sobre o texto. Coisa quase anarquista, rs.
Abração, meu caro.
Escreva, meu.

Miss Keys disse...

A verdade é que nada é nosso pra sempre...
Escreva mais!

PS: Já és meu visinho?!

Wadison disse...

Simplesmente Lindo...!!!